viernes, 22 de junio de 2007

Sem palavras

Buscando sobre Carlos Drummond de Andrade, poeta brasileño, encontré estos poemas que no sé si son suyos porque no queda claro en la página que aparece en el vínculo, ...pero me estremecen.

Espero o fim

Eu quero dormir
Pra nunca mais acordar
Quero sonhar com o amor
Mas meu único pesadelo...
é a solidão
Quero ter os braços da felicidade
me envolvendo
Mas só tenho o desprezo

Apenas quero amar
Quero um corpo junto ao meu
Como o mar e o sol
se pondo no horizonte

Mas a única coisa que tenho
É meu corpo
Despido sem pudor
E a solidão
Amando meus sentimentos

Fiques Comigo

Fiques comigo, um pouquinho mais,
Tenho tantas coisas pra te dizer,
Há muito tempo não nos vemos
Nem um instante pude te esquecer!

Fiques comigo, um pouquinho mais,
Há tantas coisas pra te contar
Ó! O meu amor é tão grande e forte,
Forte e tão grande pra te perdoar.

Fiques comigo, um pouquinho mais,
Pois se amas pode demorar,
Agora eu sei que estás comigo,
Porém não sei quando irá voltar.

Etiquetas:

0 comentarios:

Publicar un comentario

Suscribirse a Enviar comentarios [Atom]

Enlaces a esta entrada:

Crear un enlace

<< Página principal